Welcome!

Welcome to our blog!

3.18.2012

Inglês é coisa séria !

Inglês é coisa séria ! Fique de olho no seu professor e seja dedicado!

 


Em tempos de Copa e Olimpíadas e empresas que demandam cada vez mais de seus funcionários o uso de uma segunda, terceira ou quarta língua, o mercado foi invadido por escolas e professores de qualidade duvidosa.

Há muitos profissionais na área que estão apenas como “money hunters”, que tem outro trabalho e dão aulas apenas para complementar a renda. Tais profissionais não preparam suas aulas e prejudicam os alunos com a falsa sensação de que dominam o conteúdo.

Seu professor tem de ser um lingüista e saber as gramáticas e ortografias das duas línguas, tem de saber as diferenças fonéticas e até mesmo culturais entre as línguas.

Então para que você invista bem o seu dinheiro e não tenha aquela sensação de que fez um curso de línguas por anos e não fala nada, aqui vão algumas dicas:

1.      Não é a bandeira (o nome da escola ), que faz um escola melhor mas sim os profissionais que ela agrega.
2.      O material precisa ser, de certo modo, um apoio concreto para o aluno e não um simples livro.

3.      Dicionários, livros de leitura, links de estudo na internet são grandes ferramentas.
4.      Peça sempre uma aula experimental na escola e observe a pro - atividade do profissional.

5.      O professor tem de ser interativo, pro - ativo e envolver os alunos nas atividades.

6.      Fuja dos professores que apenas leem o livro, dessa forma, você não aprenderá nada.
      Valorize atividades extras e dinâmicas

8.      Evite a lavagem cerebral, uma segunda língua não vai acontecer do dia para a noite em sua vida. Uma segunda língua demanda tempo e estudo.

9.      Observe se seu professor preparou a aula, se domina o conteúdo.

10.   O profissional serio, quando não sabe, diz que não sabe ( e observe que nem mesmo um nativo tem domínio total da língua, por acaso você domina inteiramente o Português?) e pesquisa para dar respostas na aula seguinte.

11.   Preço não garante um bom curso. Quem garante um bom curso é um aluno aplicado e um professor comprometido.

12.   Bons profissionais costumam enviar ou dar atividades extras.

13.   Uma segunda língua tem de ser treinada pelo resto da vida, longos períodos sem falar ou ter contato com a mesma pode causar um certo “enferrujamento”, por isso, veja muitos filmes, leia muito, ouça musicas, peça uma amigo(a) que também fale a língua para que treinem juntos uma conversação ou contrate um profissional para treinar com você ao menos duas horas a cada 15 dias.

14.   Enfim, observe se o profissional em questão está realmente envolvido com a turma ou com o aluno (em caso do aluno particular), é isso que possibilita um aprendizado efetivo e concreto.

Seguindo essas dicas, muito provavelmente você não terá dor de cabeça e falará uma segunda língua efetivamente, pense nisso!

Aulas de Fonética

Aulas de Fonética


A Fonética nada mais é do que o uso do som natural de cada língua. E se você tiver o domínio da fonética da língua inglesa, você será capaz de falar o mais próximo possível de um nativo.

O domínio da fonética, habilita o aluno a falar de forma correta evitando equívocos no uso de certas palavras e por sua vez evitando constrangimentos quando do uso de palavras que tenham sons parecidos, mas que tenham conceito completamente diferentes.

E pensando nisso, a Get Up and Go Staff disponibiliza aos alunos interessados o curso de fonética, para que o seu falar seja o mais natural e nativo possível. Interessados?

Contatem-nos:

lamarcklopez@gmail.com   ( Lamarck )

Assista o vídeo abaixo e veja o que o uso do som errado pode causar: 

video

Quantas vezes você já não se confundiu com a palavra maçã em inglês ?  A Fonética te ajuda a resolver este problema !

 

Ainda ouço de vez em quando gente que pronuncia “APPLE” como se a palavra rimasse com “TABLE” e “LABEL”. Fica a dica mais uma vez, não se pronuncia o “A” em “APPLE” como o “A” do alfabeto, /ei/. O som desse “A” é algo entre o “A” em “pá” e a letra “E” em “pé”. O símbolo fonético é æ
Ainda na dúvida? Então esta na hora de estudar mais a fonética !!


O que significa “LET ME KNOW”?

TO LET SOMEONE KNOW ABOUT SOMETHING[avisar alguém de algo]

 

  • Let me know if you need any help with your algebra exercises.
  • Me avise se precisar de ajuda com os exercícios de álgebra.
  • “Could you please let me know when we get to Lexington Avenue?”, Vicky asked the bus driver.
  • “O senhor poderia por favor me avisar quando chegarmos à avenida Lexington?”, Vicky pediu ao motorista de ônibus.

Um erro comum entre os estudantes brasileiros de inglês é utilizar o verbo to advise com o sentido de “avisar”. Na realidade, to advise significa “aconselhar” e não pode ser empregado naquele contexto. O verbo to warn significa “avisar, na acepção de alertar”, e o substantivo warning significa “aviso”, ou seja, “alerta”.

Phrasal Verbs: COME ACROSS

Phrasal Verbs: COME ACROSS


COME ACROSS
to meet someone or find something, esp. by chance [encontrar alguém ou algo, esp. por acaso]
  • come acrossMary and Stuart came across some old photographs while they were cleaning out their attic.
  • Mary e Stuart encontraram algumas fotos antigas enquanto estavam limpando o sótão.
  • Linda told Tom that she came across their old teacher in the mall yesterday.
  • Linda disse a Tom que ela havia encontrado o velho professor deles por acaso, no shopping, ontem.

3.04.2012

Present Simple and Madonna

Present Simple with Madonna !!

video
Affirmative Form
1. Para as pessoas Iyou , we , you  e they ,conjugamos os verbos no Presente, retirando apenas o to do infinitivo:
Verb: To dance
Exemplos:
I dance 
you dance 
we dance
you dance
they dance 
2. Para as pessoas he , she, it , devemos:
a) Adicionar -es quando o verbo terminar em ss, shch, xz, e o:
To kiss ( beijar)
he kisses 
she kisses 
it kisses 
To go (ir)
he goes 
she goes 
it goes 
b) Retirar o y e adicionar -ies aos verbos terminados em consoantey:
To study 
he studies 
she studies 
it studies 
To cry ( chorar)
he cries 
she cries 
it cries 
c) Aos verbos com outras terminações quaisquer, inclusive vogal + y, adicionar somente um -s:
To dance
he dances 
she dances 
it dances 
To stay 
he stays
she stays 
it stays 
NOTE:
Não seguem as regras acima os verbos to be (ser, estar), to have (ter, possuir) e there to be (haver, existir).
Advérbios que normalmente acompanham o Presente Simples:
always 
every day 
never 
often = frequently 
once a day 
seldom rarely 
sometimes 
twice a day 
usually 
Negative Form
Usamos doesn’t (= does not (não)) para as pessoas hesheit e don’t ( =do not ( não)) para as demais pessoas. O verbo, que vem depois dedoesn’t ou don’t, não sofre mudanças, isto é, fica na forma infinitivo semo to.
sujeito + doesn’t ou don’t + verbo no infinitivo sem o to
Exemplo com o verbo to study:
don’t study 
you don’t study 
he doesn’t study 
she doesn’t study
it doesn’t study
we don’t study
you don’t study 
they don’t study 
Interrogative Form
Colocamos does antes das pessoas hesheit e do antes das demais pessoas. O verbo fica no infinitivo sem to.
Do ou does + sujeito + verbo no infinitivo sem o to
Exemplo com o verbo to study:
do I study?
do you study?
does he study?
does she study?
does it study?
do we study?
do you study?
do they study?